quarta-feira, 22 de junho de 2011

...



Aquele sorriso que lhe dei hoje de manhã, foi um sorriso falso, eu não tinha pelo que sorrir, e não sentia felicidade dentro de mim. Tristezas, e confusões, passavam pela minha mente, mas ninguém pareceu perceber. Todos se contentavam com a sua hipocrisia barata, de fingir que acha que estou bem, e que eu não preciso de ninguém, que sou forte, e um abraço para mim é indiferente.
Mas quantas vezes eu precisei de um abraço que me acalmasse? De um ombro amigo que me escutasse? Quantas vezes eu precisei, das pessoas que eu não hesitaria em ajudar, mas elas nunca estavam lá. 
Cansei de esperar, que as pessoas tomem jeito, e que se importem com o meu sentimento, cansei de esperar que alguém venha me ajudar. Eu só podia mudar por mim mesma, mas eu precisava de vocês.
Quantas vezes, no escuro da noite, abafei meu choro, e escondi os olhos inchados com maquiagem de manhã? Quantas vezes eu vi aquelas risadas falsas de pessoas que eu não podia nem contar? Quantas vezes esperei que meus amigos pudessem me ajudar?
Eu queria contar, o meu segredo à vocês, mas nunca consegui contar, e foi melhor assim. Resolvi problemas sozinhas, mas acabei me sufocando. Tanta falsidade, quase me mataram, tive que me afastar. 
Naquele dia que resolvi mudar, saí correndo, e não sabia onde me encontrar, foi quando entrei na minha mente, e consegui sorrir, queria que vocês soubessem o quanto eu sou grata por terem duvidado, por terem dito que era impossível, e que eu não prestava.
Agora é a hora de voltar por cima, mostrar que meus sorrisos eram lágrimas, e eu sei quem me ajudou. Eu sei quem as me fez derramas cada gota do que chorei, e sei também, quem tentou limpar as lágrimas, e tirar as marcas que elas deixavam no meu rosto. 
Hoje me encontrei, e posso sorrir, mas a minha falsidade com vocês, é a mesma que tinham há tanto tempo, só que agora eu não conto mais com vocês, eu sei que nesse mundo hostil, de falsos amigos, e belos inimigos, só posso confiar em pessoas que tenham o mesmo sentimento por mim.
Quanto tempo sofri? Não importa mais, agora eu vou sorrir sem dor, chamar todos os olhares e dizer para todos que não acreditaram "Eu estou aqui, eu cheguei onde você nunca acreditou que eu chegaria, e que nunca chegará pela sua falsidade e hipocrisia".

Nenhum comentário:

Postar um comentário