quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Sinto-me isolada em um mundo em que não me entendem, sinto-me perdida em atitudes que me acusam de ter, mas que não passam de coisas bobas, bem menores do que fizeram comigo. Sinto-me destruída por dentro, traída e destroçada, sinto como se o sol tivesse se posto para nunca mais retornar.
As lágrimas teimam em rolar em meu rosto, mas as detenho, antes que caiam de meus olhos, se elas rolarem, então tudo estará perdido, tudo o que sinto estará totalmente destroçado e a minha esperança terá ido ao seu limite. 
Tudo aquilo que escrevi para vocês, tudo aquilo que eu falei, todas as coisas que eu fazia para mostrar tudo o que eu sentia, tudo o que eu sinto, parecem gestos tolos, que nunca foram apreciados, gestos que foram esquecidos, por um ciúme estúpido, e que agora me corroí por dentro.
Meu coração pesa, e a minha vida parece estar perdendo o rumo, não entendo o porque novamente vocês fizeram isso, eu sempre confiei em vocês, as tratei como irmãs, mas será que era tão difícil me tratar do mesmo jeito?


Por B.

Nenhum comentário:

Postar um comentário