quarta-feira, 31 de agosto de 2011

  A vida parecia tão distante
Naquela fantasia que não teria fim 
Aquele problema entediante 
Estava longe de mim 

Eu não queria voltar, 
Tudo era um sonho, 
E não fazia sentindo ter que acordar.
E ter que voltar para aquele pesadelo real e medonho.

Eu queria ficar
E me afundar na fantasia 
Mas o real me chamava e dizia:
"Acorde e tente fazer a fantasia vir na sua realidade adentrar".

O sol invadiu meu quarto, e tive que acordar, 
O sonho se foi, mas a magia ficou, 
Suspirei, e soube que a realidade precisava com a fantasia se misturar 
E que como a voz me disse "Não deixe que esse sonhou seja mais um que você sonhou" 

Realidade 
Verdade
Fantasia 
Magia 

Era assim que eu viveria.
Meu sonho eu realizaria. 
Na minha vida eu acreditaria. 
E sabia que por onde eu caminharia, Alguém sempre me protegeria.


Por B.

(Meio sem sentido esse poema, mas em fim espero que tenham gostado =D )  


Nenhum comentário:

Postar um comentário