segunda-feira, 19 de setembro de 2011

.......

Ela sorri, ele sorri, os dois parecem o espelho um do outro, ela mexe no cabelo, ele bagunça o seu. Ela leva os olhos ao relógio, ele também, os dois tentam não cruzar olhares, mas os olhares se cruzam. Os sorrisos aparecem. 
Eles também parecem contrários, mas que se completam, ela mais tímida, ele mais extrovertido. Eles são melhores amigos. 
Ele a ama, ela não sabe, mas também o ama. Eles ficam em um chove não molha irritante, e eu tentando bancar o cupido só fico imaginando, que se tivesse tido essa chance não teria desperdiçado. 
Dou um sorriso sozinha, não posso pensar no passado, mesmo ele sendo bom, vou pensar na frente, ajudar que eles não cometam os mesmos erros, ajudar que pelo menos dessa vez, a história que era para se nossa, dê certo com alguém.

Por B,

Um comentário:

  1. Bibiana! Que orgulho de saber que fui tua professora! Adorei teus textos! Bjo

    ResponderExcluir