quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Canção Da Felicidade.

935ce5dcb6a064ab9250961b4b325d84_large

A noite estava estranhamente gélida, mas para aquela garota ela parecia convidativa e serena. As luzes de ano novo estavam sendo acesas, e davam um certo clima mágico a cidadela que estava visitando. As pessoas sorriam, abraçavam-se, cantavam trechos de músicas e pareciam tão em paz, que aquela garota simplesmente sentiu um calor vindo de dentro do peito, que parecia ser capaz de ignorar o frio noturno.
O calor que ela sentia, era uma paz estranha que achou que nunca sentiria, olhou para o céu e sorriu, os fogos haviam começado, assim como uma cantoria, o povo cantava uma melodia que ela pensava não conhecer, mas estranhamente entoou junto, como se soubesse de cor cada acorde e letra. Ela não sabia, mas cantava a Canção da Felicidade, uma canção capaz de aquecer o coração e deixar aquele sorriso durar o ano inteiro em seu rosto. 
Naquele estranho momento ela sentiu-se capaz de realizar seus sonhos, vencer todos os obstáculos, ignorar todas as dúvidas, correr com um sorriso no rosto em direção ao seu futuro, vencer seus inimigos com uma rosa na mão. Ela sorriu novamente, fechando os olhos por um momento e absorvendo a magia do momento. 
Assim que abriu os olhos, ela se viu deitada em sua cama, olhou em volta, sentando e contemplando seu quarto, fora tudo um sonho, mas algo parecia ter mudado, um pequeno raio de sol entrava em seu quarto e por alguns momentos ela jurava ter ouvido a Canção de seu sonho. A garota sorriu, levantando, colocando sua roupa, e por algum motivo, uma felicidade invadia o seu peito, mal ela sabia que aquela felicidade vinha de que ela havia encontrado o seu futuro, havia encontrado os seus objetivos, e havia perdido o medo de não conseguir. A garota não sabia, mas a felicidade que sentia, duraria por muito tempo, pois ela nunca mais seria capaz de perder a fé em si mesma.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário