terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Possibilidades...

Tumblr_lyxzvkwel91qes20ho1_500_large

O mundo é feito de possibilidades. Ela pensava nisso enquanto caminhava lentamente pelas ruas, em uma noite um pouco movimentada, talvez porque fosse feriado e as pessoas estivessem indo para festas, ou para casa de amigos se divertirem e esquecerem um pouco das coisas da vida. Ela não estava analisando os outros, não naquele dia, ela fazia parte deles, não estava ali para analisar ou criticar sendo que caminhava em direção á festa de uma amiga. 
Mesmo assim seu lado observador não era fácil de se calar, ela viu um casal se beijando e pensou nas possibilidades que os levaram até ali, que histórias, que escolhas os fizeram estar nas ruas naquele momento trocando um beijo? Será que eles tinham tido uma briga daquelas de filme e agora ali era seu reencontro? Será que estavam só se divertindo? Ou ele havia acabado de se declarar para ela? Talvez fosse apenas um desafio... Eram tantas as possibilidades, e todas elas eram muito viáveis, ela sorriu pensando nisso. 
E então pensou em si mesma, quais eram as possibilidades dela estar ali? Porque será que não estava em nenhum outro lugar? Porque a festa estava acontecendo naquele dia? E porque vira o casal? Perguntas e perguntas... Também outras como e se ela tivesse pego outro rumo? Se tivesse ido por outra rua? O que teria acontecido? Estaria ali caminhando tranquilamente? Teria se encontrado com algum conhecido? Veria duas pessoas se beijando? Ou teria a oportunidade de ver a velhinha que acabava de sair da padaria comprando um pão? Certamente que não... As possibilidades dela presenciar tais fatos estavam sendo movidas pelas escolhas que a levaram ali. e então ela começou de certa forma pensar no futuro. 
Quais seriam as possibilidades dela estar no mesmo lugar daqui a vinte anos pensando no que acontecera vinte anos atrás? Será que ela teria conquistado seus sonhos? Teria tido seus filhos? Teria vivido a vida como ela planejou? Ou o futuro lhe abriria outras portas, novas possibilidades que a levariam para longe do que imaginou, mas de qualquer forma para onde ala deveria estar?
A jovem espantou os pensamentos sobre possibilidades assim que chegou á casa da amiga, ela entrou e sorriu, aproveitou a noite. E durante um tempo não voltou a pensar em possibilidades, mas não se esqueceu de que tudo era possível, que os sonhos dela poderiam se realizar, e que qualquer possibilidade ela deveria agarrar, pois a vida era feita de chances, e chances nem sempre passam por nós duas vezes, ou vem de outra maneira que não seja a qual ela deve vir. 
Hoje a garota realizou seus sonhos e anda de volta pelas ruas sorrindo, e lembrando de todas as possibilidades que imaginou e que sim quem diz que a vida é feita de possibilidades está correto. A vida dela fora feita delas, e era exatamente por isso que ela mantinha sempre aquele belo sorriso no rosto.

Por B. 

Resenha do livro: A Guerra dos Tronos.


Sinopse: Em A guerra dos tronos, o primeiro livro da aclamada série As crônicas de gelo e fogo, George R. R. Martin - considerado o Tolkien americano - cria uma verdadeira obra de arte, trazendo o melhor que o gênero pode oferecer. Uma história de lordes e damas, soldados e mercenários, assassinos e bastardos, que se juntam em um tempo de presságios malignos. 




Eu ganhei esse livro de natal, já tinha visto algumas outras vezes na livraria e me interessado, mas não tinha sido tipo aquele interesse de "Nossa eu preciso ler esse livro", confesso que foi um pouco por preguiça, já que o livro tem quase 600 páginas. Mas como o livro que eu queria de natal eu pensei que não tinha na livraria (e depois descobri que tinha sim, e isso me fez ter muita raiva, mas va leu a pena já que eu AMEI o livro), meus pais me deram esse livro. 
Confesso que quando comecei a ler achei o livro um pouquinho enrolado e confuso, muitos personagens, mas o autor é realmente muito bom, porque quando eu vi eu já não conseguia parar de ler o livro, mesmo que eu tenha demorado pra ler por falta de tempo, eu simplesmente ficava pensando na história. 
Esse livro é daqueles tipos de livro que vai ligando a história de cada personagem de uma maneira incrível e fantástica, e como cada capítulo fica mais na visão de um personagem e isso vai mudando, é algo interessante e até diferente dos livros que eu estou acostumada a ler.
O que eu mais gostei é como o autor vai tecendo e interligando os fatos, e mostrando como cada coisa vai afetando diversos personagens de diversos lugares e até alguns que não tem contato nenhum com os que fazem que aconteça. As revelações do autor que vem na hora certa e que te deixam boquiaberto pensando "Mas que droga, alguém precisa saber disso". 
Este livro é um dos melhores livros que eu já li, aconselho para quem gosta de livros que passem em sociedades medievais e que curtam batalhas, estratégias e Jogos de Tronos.




"Escutem as minhas palavras e testemunhem os meus votos - recitaram, com as vozes enchendo o bosque penumbroso. - A noite chega, e agora começa a minha vigia. Não terminará até a minha morte. Não tomarei esposa, não gerarei filhos. Não usarei coroas e não conquistarei glórias. Viverei e morrerei no meu posto. Sou a espada na escuridão. Sou o vigilante nas muralhas. Sou o fogo que arde contra o frio, a luz que traz consigo a alvorada, a trombeta que acorda os que dormem, o escudo que defende o reino dos homens. Dou a minha vida e a minha honra à Patrulha da Noite, por esta noite e por todas as noites que estão por vir.
A floresta caiu no Silêncio"
A Guerra dos Tronos - página 369.


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Tente acreditar.

 Tumblr_lz7jtgsc9u1qipu41o1_500_large
Não há tempo que cure as feridas do amor, e nem as feridas causadas por mágoas além do que sentimos. Não há tempo que cure certas cicatrizes, e não há nada que apague ou mude o que se passou. Mas há o tempo que junto com acasos nos trás oportunidades para fazermos que o nosso futuro, traga o que fará que as mágoas sejam superadas, as feridas cicatrizadas, não curadas, pois lá estarão marcadas, apenas estarão cicatrizadas.
 O futuro trará felicidades, trará bons momentos que farão que aceitemos mais este momento, pois passamos por momentos realmente ruins e desse modo aproveitamos melhores os momentos.  Acredito que tudo o que passamos é por alguma razão, seja ela espiritual, por uma escolha errada, por burrice ou por acaso, tudo tem alguma razão por trás, ela sempre nos ensina.  
A Vida não é fácil, e nem nunca vai ser, mas não adianta desistir dela, pois ela ainda traz coisas boas demais para que desistamos agora. Eu aconselho que lute e faça o que tiver que fazer, mas não desista.  Lute pela felicidade, e deixe que a grande Energia do mundo se conecte a você, ignore tudo e todos que não te façam bem e quando você menos esperar, estará, são e salvo, sorrido e agradecendo pela vida.


Por: B. 

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Sorrisos...

Tumblr_lxcjhiwi8r1r9xx3ro1_500_large
Não, ela não caminhava à passos firmes, ela caminhava à passos decididos, confiantes, tinha um sorrisinho no rosto, e um skate na mão, ela passava por todos que estavam se reunindo para irem para a escola, como se soubesse algo que eles não sabiam. Como se fosse algo que eles nunca iam saber. Pelo menos era assim que descreviam o sorriso dela. 
Á verdade é que ela não tinha o que temer, havia uma felicidade engraçada dentro dela, como se soubesse que fosse como fosse ela acharia pessoas que compartilhariam as mesmas ideias que ela, e conseguiria ser feliz. Ninguém ali parecia compreender isso, pelo menos os que a olhavam com desdém, e ela sorria, pois sabia que um dia ou outro eles iriam entender o porque ela sorria, o porque ela estava confiante, e não nervosa como os demais.
Foi quando um garoto com o mesmo sorriso se aproximou dela, e sorriu:
-Gostei do Skate, e também sou fã de Nirvana - ele falou sorrindo, e a garota deu uma leve risada. 
-Obrigada, e Nirvana arrasa, mesmo que isso tenha soado meio feliz demais - os dois riram, e então apresentara-me, outros vieram, alguns pensamentos eles tinham diferente, outros eram iguais. Gostos musicais parecidos ou diferentes, eles partilhavam do mesmo sorriso, aquele que os outros que ainda os olhavam estranho não entendiam. 
Mal eles sabiam que iriam entender, mesmo que fosse um pouco antes de seu último suspiro, antes do final da vida de cada um eles entenderiam, o que aquela garota e seus amigos, com sorrisos diferentes eram, e o que eles tinham entendido e encontrado.
Eles haviam encontrado a felicidade em si, sabendo que a vida sempre traria o melhor se escolhessem os caminhos certos, e sempre em qualquer situação tentavam manter a calma e acreditar que conseguiriam, pois a fé que eles tinham, e a crença em um mundo melhor era não só os que lhe dava aqueles sorrisos, mas o que os fazia ter sucesso e uma vida de felicidades.

Por B.


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Curando corações partidos...

382833_106910532719342_100002011880555_53045_1198777188_n_large
Não existe tempo que vá mudar o que você tem dentro de si, pois o tempo ajudará a amenizar, mas uma palavra, um sorriso poderá fazer que o trabalho do tempo se esvaía em um segundo e o que achou que não sentia mais pode voltar em um segundo. Por isso não acredito que o tempo cure dores do amor. Se você está apaixonado por alguém e não é correspondido, deve tentar esquecer o sentimento, como? Simples! Simplesmente não pensando! Ocupando a mente, pensando em passarinhos cantando, na sua música preferida (mas por favor uma música que não lembre dele!), evitando músicas sentimentais ou que falem de amores não correspondidos. Fuja das comédias românticas e dos livros de Romance, prefira ação e livros de aventura. Não olhe nunca as páginas sociais dele, ou dela, ignore-o, finja que é apenas um colega de escola, ou um velho amigo que não vê há um tempão e que não sente tanta falta assim. Antes de dormir, não pense em como poderia ter sido, ou pode ser! Mantenha os olhos abertos para outras possibilidades, mas não ache que sua vida depende de alguém que seja o chão que você pisa, ou o ar que você respire. 
E então, quando você menos esperar, verá a pessoa, falará um oi, ira rir com ela, e até a abraçar, e não irá sentir absolutamente nada! Irá se sentir leve, e terá mostrado ao seu coração que está melhor sozinho, e aí, aí pessoas que realmente te merecem irão começar a aparecer, mas lembre-se: Você procura um parceiro, para participar de suas conquistar, discutir, viver, e rir, não alguém que só fale que te ame, que só fale das próprias conquistas e não se interesse por você, apenas ache que se interesse. 
E evite mais do que tudo se apaixonar novamente, sem ter certeza que a pessoa gosta de você. É difícil? Quase impossível na verdade, mas é melhor não se deixar levar por palavras bonitinhas e um rostinho bonito, do que depois ter que curar um coração partido!

Por B!