quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Algo sobre corações partidos ou sobre sentir-se sem chão.

(23) TumblrVocê já se sentiu sem chão? Como se ao receber uma notícia ou ver algo o chão se abrisse em seus pés, mas você continuasse flutuando na Terra? Procurando desesperadamente por um ponto de apoio porque parece que você vai cair e incrivelmente você NÃO acha nada, mas continua ali? Com aquela sensação terrível?
Bem, é mais ou menos assim que você se sente quando tem o coração partido, recebe uma nota baixa naquela prova que você tinha certeza que tinha gabaritado e outras notícias desagradáveis. Você olha pra coisa, ou pra situação, ou pro cretino que está falando aquelas palavras idiotas e tenta pensar em algo, ou em fugir de tudo aquilo, voltar no tempo, parar o tempo, essas coisas impossíveis e além do teu alcance. Mas o que você faz? Bem, no caso da prova você fica pensando: "Caralho, minha mãe vai comer meu fígado" ou também "Tô fodido", dependendo do seu grau de educação e engajamento nos estudos. E no caso do coração partido você tenta de alguma maneira desesperada inverter aquilo. Ou faz como eu e saí correndo.
Seria fácil se toda decepção que te deixe sem chão fosse uma situação que dá para sair correndo. Só que por mais que você corra (ainda com a sensação horrível que você está pisando no nada), uma hora ou outra a consequência daquilo volta.
I feel lonely without her..A consequência de uma nota ruim é que você precisa estudar mais ou vai reprovar (seja na escola, faculdade ou vestibular). E a consequência do coração partido é que você vai chorar, vai sorrir, vai passar raiva, vai chorar de volta, vai rir até não poder mais, vai xingar até a quinta geração do ex (ou da ex), vai voltar a chorar, vai quase cair na tentação de mandar uma SMS de: "Sinto sua falta", "Ainda gosto de você", vai se sentir sem chão, vai rir de volta, vai chorar e um dia vai passar.
Porque (parafraseando o Tio Gaiman) o coração pode ser partido, mas continua sendo o mais forte dos músculos e vai bater aproximadamente 70 vezes por minuto até você morrer, e até lá ele vai voltar a ficar inteiro.
Afinal de contas,corações partidos se curam, feridas cicatrizam, o ensino médio acaba, a faculdade termina e aí, será que vai ter tido importância ter sentindo-se sem chão por alguém?
Você vai chorar, vai rir, vai sentir-se mal e rejeitada (ou rejeitado), mas no fim tudo passa, até uva passa.

2 comentários:

  1. Achei essa postagem maravilhosa.
    O pior é que no momento em que estamos sofrendo parece que vai ser eterno, mas ainda bem que o tempo cura tudo, mesmo que demore.

    Minhas Impressões


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada ^.^
      É, o único problema: A demora SHAUHS

      Excluir