quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

A Dama Das Camélias

Uma foto publicada por @rosesforbibi em
A Dama das Camélias é um livro escrito por Alexandre Dumas Filho em meados do século XIX, passa-se em Paris e irá nos contar a história de Marguerite Gautier, a jovem cortesã mais cobiçada de toda a Paris e de Armand Duval, um rapaz, que acaba de se formar em Direito e está aproveitando a vida fácil das grandes capitais e que de repente se vê apaixonado por Marguerite.
O livro na verdade começa com um narrador, do qual não sabemos exatamente quem é, apenas que tem dinheiro, vendo um anuncio de um leilão em um apartamento. Como é um admirador de arte e ficou curioso, esse personagem vai até o leilão, onde descobre que quem faleceu é Marguerite Gautier, e também adquire um livro com a assinatura de Armand Duval.
Alguns dias depois Armand Duval aparece em sua casa, oferecendo-se para comprar o livro, aparenta estar abatido e doente, e com pena o jovem dá o livro para Armand e em troca apenas pede sua amizade e também com curiosidade para saber o que aconteceu.
Alguns acontecimentos importantes ocorrem nesse meio tempo e obviamente não posso contar porque seria spoiler, mas então depois de alguns capítulos Armand começa a contar como conheceu Marguerite e toda a sua história de amor.
É a terceira vez que estou lendo o livro (ele faz parte da minha TBR do projeto Fevereiro Rereads) e sempre tenho as mesmas sensações de ansiedade, sofrimento e paixão que ambos os personagens possuem.
A Dama das Camélias é uma história de amor, mas também tem uma dura realidade das cortesãs e da burguesia. Várias vezes durante o livro são trazidas reflexões frias e calculistas de como as cortesãs precisam organizar sua vida com o dinheiro, e de como tudo ao redor dela é sobre dinheiro e superficialidade.
Também é interessante que várias vezes referem-se que o amor de uma cortesã acontece, mas sempre está fadado ao fracasso.
Uma das coisas que sempre me chama atenção é de como Marguerite conseguia gastar 100 mil francos por anos e sempre estar em dívida, em como invés de economizar em algum ano para pagar as dívidas e ter uma vida luxuosa, mas controlada, pensando em um futuro, ela continuava a gastar desenfreadamente a custa de amantes e que mesmo assim ela ainda sempre devia.
Lá no fim tenho muita raiva de certas coisas que Armand faz, mas entendo o lado dele, entendo sua dor e sua vontade de machucar. Só achei um absurdo um caso que acontece com 500 francos que se você ler talvez concorde comigo que é um absurdo tão triste e revoltante que chega a ser engraçado.
Eu adoro esse livro, recomendo muito, sua linguagem não é difícil e também não é um livro muito grande,  a edição que li tem 270 páginas, porém a letra e o espaçamento são grandes e a leitura flui rápido.
Dei quatro estrelas no skoob e recomendo esse livro para você que gosta de Paris, do Século XIX,  da vida de burgueses, de cortesãs e dos relacionamentos complicados com luxo e fortuna.

Beijinhos ;*

Seja meu amigo no skoob 
E para ficar ainda mais por dentro das minhas leituras, segue no instagram @rosesforbibi

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Maratona Skindô Skindô 2016

Olá, tudo bem?

Para quem me segue no instagram sabe que eu participei de uma maratona literária de Carnaval, proposta pela Tatiana Feltrin, do Tiny Little Things, para quem quer saber mais sobre o vídeo proposto só clicar aqui.
Então a Tatiana organizou que a maratona começaria ao meio dia da sexta-feira, dia 05, e iria até meio dia da quarta-feira de cinzas, dia 10.

Minha TBR para a maratona foi:

HQs:
Mulher Maravilha - O espírito da Verdade
Star Wars - O esquadrão perdido

Livros:
Guerra e paz
Mulheres
O Capitão Saiu para o Almoço e os Marinheiros Tomaram Conta do Navio
Graça Infinita
Ética e Vergonha na Cara
Eu comecei minha maratona na madrugada do dia 06/02 e consegui ler os dois quadrinhos que havia me proposto e terminei de ler o livro Ética e Vergonha na Cara.

No dia 07 não marquei minhas leituras, porém dei prosseguimento ao segundo volume de Guerra e Paz e comecei o livro Mulheres.

No dia 08 terminei a leitura de Mulheres e comecei o Capitão saiu para o almoço e os marinheiros tomaram conta do navio, quase terminei também, porém estava muito cansada e deixei a leitura para o outro dia.

Dia 09, como era feriado, consegui terminar O Capitão saiu para o Almoço (...), dei prosseguimento ao segundo volume de Guerra e Paz, chegando até a página 1470.

Dia 10, último dia de maratona, li até a página 32 do livro Graça Infinita, cheguei a página 1520 de Guerra e Paz e comecei o livro a Arte de Escrever, lendo até a página 32.


E bem, consegui terminar de ler um livro, li dois livros durante a maratona (apesar de ser um 3 em 1) e duas HQ. Também comecei Graça Infinita que era o que eu tinha me proposto e até coloquei um livro a mais que não estava na minha TBR.

Participei ano passado da Maratona Literária do Geek Freak, e agora dessa mini-maratona e adorei a experiência. Foi a primeira vez que coloquei uma meta e consegui cumpri-la o que me deixou muito satisfeita.

E vocês, também participaram?
Alguma maratona programada? Diz aí que eu topo participar de mais!

Beijinhos ;*

Para ficar mais por dentro das minhas leituras me acompanhe no skoob e no instagram @rosesforbibi

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Desafios e projetos literários para 2016:

Olá, tudo bem com você?

Bem, esse ano resolvi me organizar um pouco melhor com as minhas leituras e participar de dois desafios literários.

O primeiro deles é o Desafio Livrada 2016, que é um desafio proposto pelo Yuri, dono do Site e do Canal Livrada.


Fiquei sabendo desse desafio há umas duas semanas, por meio do vídeo da Isa do canal lidolendo:




E depois fui conferir o vídeo que propõem o desafio:




Então, depois disso tudo, o que já era sei lá umas três da manhã (noites de insônia, gente, além de ler, fico vendo vídeos de booktubers), decidi que iria participar.

Demorei um pouco para fazer a minha lista e ainda não tenho físico dois dos livros escolhidos, porém pretendo adquirir ou ler pelo Lev.
Então, depois de três listas e um pequeno engano de um dos livros que já li (achei que um dos livros escolhidos era bobo, mas quando comecei a ler comecei a ver que era sério e que o anterior do mesmo autor - li em edição única com três livros - era bobo, então fiz uma pequena troca. Em minha defesa: fui enganada pelo Velho Buk e seus títulos).

E eis aqui minha lista dos libros para o Desafio Livrada 2016:

1 - Um prêmio Nobel:

Cem anos de Solidão

2 - Um Livro Russo:

Guerra e Paz

3 - Um cânone da literatura ocidental:

Moby Dick

4 - Uma novela:


A Dama das Camélias

5 - Um livro que você não sabe porque tem:


Investigação sobre o entendimento humano.

Na verdade, sei porque tenho, só porque é do David Hume, mas não sei exatamente porque fiquei animada a comprar ou preferi Hume a Kant ou a Sartre, mas eis que olhei na livraria e convenci minha mãe a comprar: detalhe que eu nem sabia quem era esse cara na época e continuo tendo apenas uma vaga ideia, creio que ele não faz minha praia. Mas é um desafio, não é mesmo?


6 - Um autor do seu Estado:
O detetive de Florianópolis - Jair Francisco Hamms

Não tenho o livro físico, ainda.

7 - Um livro publicado por uma editora independente:


Vivendo além da fronteira da realidade
O autor desse livro também é do meu estado (Santa Catarina, para os desavisados)

8- Uma ficção histórica:

E o Vento Levou

9 - Um livro Maluco:

Graça Infinita

10 - Um livro que todo mundo já leu menos você:
Crime e Castigo

Não que todo mundo já tenha lido, mas todo mundo que acompanho ultimamente e ao meu redor já leram, então para mim todo mundo já leu, menos eu que meio que abandonei por vontade de esganar o personagem principal ( e.e). Mas vou tentar de novo.
Obs: Notem que meu marca página é a nota fiscal do livro.

11 - Um autor elogiado por um autor que você gosta:
 Saco de ossos - Stephen King.

Neil, Draccon, mais uma penca de gente e porque quero começar a ler mais coisas dele.

12 - Um livro bobo:

Mulheres

Não que seja bobo, bobo, mas eu achei bobinho, tem passagens profundas, mas tem outras coisas engraçadas e ele não é bobo do tipo "nossa, não acrescentou nada", mas é bobo porque eu achei o personagem meio bobão, enfim, classifiquei como bobo e é.
Esse já foi lido, yey \o/

13 - Um romance de formação:


Memórias de um sargento de milícias.

Não tenho certeza se é de formação, mas pelo que eu lembro da escola - lemos uma versão adaptada - ele fala da infância do principal e da evolução dele e etc, e são memórias, então acho que se encaixa nisso.
Veio no Lev, então é um sinal...

14 - Um Livro esgotado:
Perestroika.

Porque era do meu pai e faz éons que quero ler, mas não tinha me animado. E também para termos alguma velharia teórica no meio de todas essas estórias.

15 - As aventuras do bom soldado Svejek

Esse último é a indicação do Yuri e ele chegou hoje \o/



O Segundo é o 12 Livros para 2016


Ok, na verdade esse aqui deveria ser proposto por mês, e foi inspirado no desafio que a Tatiana Feltrin faz, e esse ano especificamente só escolhendo calhamaços, como podem conferir aqui:





Como eu fiquei com preguiça de dividir por mês apenas escolhi doze livros e vou lê-los aleatoriamente durante o ano de 2016, sendo eles:

O capitou saiu para o almoço e os marinheiros tomaram conta do navio (lido) (obs: é na edição única da LPM que apareceu lá em cima).

Os miseráveis.

As Brumas de Avalon.



O segundo Sexo.



Eternidade por um fio.


O nome do vento.


Os Maias.


Paris é uma festa.


A volta ao mundo em oitenta dias.


A arte de escrever (lendo)


It - A Coisa.


O código élfico.




Projetos 

Lendo Guerra e Paz

Então, como vocês já devem saber, está rolando um Lendo Guerra e Paz, no canal da Tatiana Feltrin, clica aqui para ver a playlist, e eu estou participando. Estou um pouco adiantada na leitura, já estou na segunda parte do terceiro tomo.

Fevereiro Rereads.

O projeto Fevereiro Rereads, é um projeto criado pela Thereza, do Thereza Reads, e consiste em pegar aqueles livros que você quer tanto reler, e no mês de fevereiro relê-los sem culpa alguma.
Não entendeu? O vídeo dela explica direitinho:





E para minha TBR escolhi:

Mulher Maravilha - O Espírito da Verdade



(Aquele enorme ali do meio, que não achei a foto individual '-' ) 



A Dama das Camélias


A participação é pequena, mas o que vale é a intenção :3



Projeto de leitura "Os Miseráveis" - Vitor Martins + All about that book

Eu vi alguns projetos rolando de Os Miseráveis de outros canais, só que obviamente vi atrasada e fiquei com preguiça de participar. E aí hoje, entro no youtube e vejo a notificação deste vídeo:


Como Os Miseráveis já está na minha meta deste ano, pensei, "Por que não?". 
Minha edição é diferente da deles, é uma que tenho desde 2011(foto lá em cima) e desde lá sempre fui empurrando para depois, porque como li no mesmo ano uma versão adaptada para escola tenho uma noção do que acontece na história e estava me preparando psicologicamente para lê-la

Então eis me aqui.

Para os curiosos eis a edição adaptada que li na escola na oitava série: 


E então...

Por enquanto estou participando e me organizando assim, provavelmente vou me meter em mais coisas até o final do ano e também tem algumas maratonas que irei participar e talvez até fazer algumas.
Participei da Maratona Skindô Skindô e logo postarei sobre como foram minhas leituras e o quanto rendeu, então fiquem ligados.

E dentro de todos os livros mostrados, por enquanto estou lendo:

Guerra e Paz, segundo volume, segunda parte do terceiro romo
Graça infinita
A Arte de Escrever

Se quiser ficar mais por dentro das minhas leituras, seja meu amigo no skoob :) 
E também no instagram: @rosesforbibi

Beijinhos ;*
B.