Pular para o conteúdo principal

Resenha do Livro: O Chamado do Cuco

Eu comprei o livro O Chamado do Cuco em pré-lançamento no Submarino sem saber que estava comprando sem o livro estar lançado. Só vi depois que paguei o boleto. Porém foi uns dois dias antes de lançar, o que fez o livro chegar em um prazo normal aqui em casa. 
Acabei me enrolando para ler e então finalmente li. A primeira coisa que preciso dizer é que gostei muito mais de Morte Súbita (logo vou postar a resenha aqui no blog), apesar de que esse livro também é muito bom. 
O Chamado do Cuco começa com a morte de uma modelo chamada Lula Laundry. Mostra a cobertura da morte e então tem um salto de tempo, indo para três meses depois da morte da modelo. Onde nos é apresentando Robin, uma garota recém chegada a Londres e que recém noivou com um rapaz. E Cormoran Strike, um detetive sem dinheiro que acabou de desatar seu noivado com uma moça complicada. 
Bem, a história em si começa quando o irmão de Lula, John vai até o escritório do detetive e pede para que ele investigue o caso, pois tem certeza que não foi suicídio, que foi o que a polícia determinou. 
Apresentando de uma maneira interessante Robin e Strike, Robert Galbraith (a.k.a J.K Rowling) vai construindo uma história de detetives parecidas com as de Sherlock Holmes, mas analisando um pouquinho mais a personalidade do detetive e também de sua secretária temporária que mostra-se de uma enorme serventia durante o caso. 
No livro também é apresentado um mundo de fama e paparazzis, mostrando alguns personagens ricos e famosos, e também personagens que não são ricos (na verdade são quase miseráveis) e que tiveram o contato com a fama através de Lula. E todas as impressões que ambos os lados tem da modelo. 
Uma das coisas que eu gostei é que durante a investigação vamos conhecendo a modelo morta e vendo que existem dois lados dela, o lado que os amigos mostram e os que os familiares mostram, por um lado temos uma pessoa alegre, porém mentalmente perturbada. Uma pessoa que cresceu em uma família adotiva e quer conhecer suas raízes, mas que de certo modo é impedida pela família que tenta controlá-la a qualquer custo. 
Em fim, o livro é muito bom, o final dele é realmente surpreendente. Nem eu imaginava como ia acabar (e olha que eu normalmente sou muito boa em adivinhar assassinos e motivos). 
Porém, mesmo com algumas partes pesadas, a leitura é bem mais leve do que o de "Morte Súbita" , é um perfeito romance policial e tem algumas cenas  muito engraçadas e outras inusitadas. Ou seja: Tem tudo o que um bom livro precisa. 
Só não dei cinco estrelas no Skoob, porque eu realmente amei "Morte Súbita" e esperava algo mais na pegada pesada do livro. Porém em si O Chamado do Cuco é um livro maravilhoso que prova que J.K Rowling é uma escritora maravilhosa e que seus talentos vão muito além de Harry Potter. 


Comentários

  1. Estou animada para ler esse livro,eu realmente amei Morta Súbita mas agora sei que não devo esperar a mesma pegada. Gostei muito da resenha! :**
    beijos,
    http://imemoriavel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem divertido em algumas partes e reflexivos em outras, mas eu realmente me apaixonei pelos personagens de Morte Súbita, por isso não consegui sentir tanta afetividade nesse. Mas pode continuar animada, o livro é realmente muito bom.
      Obrigada ^.^
      Beijinhos

      Excluir
  2. Nossa você gostou mais de Morte súbita? E eu quem não gostei dele heheheheh. Nem vou comprar esse, vou ver se consigo emprestado para não gastar dinheiro a toa.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que eu amei a estrutura de Morte Súbita e antes de ler e comprar eu pesquisei entrevistas com a J.K sobre o livro, aí já sabia o que esperar. Sem choques HSAUHS Bem eu comprei bem barato, porque apesar de comprar na estréia, o Submarino tava vendendo tipo a 30 reais algo assim hehehee ^.^

      Excluir
  3. Eu amei esse livro, achei fantástica a escrita da autora.
    Enfim, foi um livro 5 estrelas pra mim.
    Ainda não li Morte Súbita, mas lerei assim que der. Parece ser ótimo.
    Beijão.
    Gaby
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita é realmente fantástica, mas a estrutura do livro em Morte Súbita é tipo muito incrível!
      Só não foi 5 estrelas para mim, só porque eu realmente gostei de Morte Súbita. E aviso que o livro aborda assuntos pesados e tem muitos personagens (atenção especial para os adolescentes).
      Beijão ;)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

20 conselhos de alguém com quase 20 anos

Oi, tem alguém aí? Em dez dias eu faço duas décadas de existência. E isso é muita coisa, ou pouca, depende do ponto de vista. Mas do meu ponto de vista é um bocado, que só me diz que tem mais um bocado pela frente (Graças a Deusa), e que já aprendi muito, e que ainda tem muito a aprender. Nesses últimos 19 anos eu aprendi muitas coisas, mas a principal é que essa vida só tem significado enquanto estamos aprendendo algo, que cada dia é uma lição e que enquanto você não aprender a lição que a vida quer lhe dar você vai continuar sendo colocada nas mesmas situações. Eu sei que a maioria das pessoas acredita que só aprendemos na prática, mas não acredito nisso porque já aprendi muito com conselhos dos outros ou ouvindo histórias dos outros e evitando repetir o mesmo erro, afinal, mesmo que não fosse comigo a situação era parecida e o resultado provavelmente seria o mesmo. Digo isso porque vou compartilhar 20 coisas que aprendi ao longo desses quase 20 anos e acho que podem ser muito út…

Resenha: O poeta do exílio.

e
Sinopse: Pedro e Júlia estavam animados. Sua banda era finalista do festival estudantil Vozes de Classe. O regulamento exigia que as músicas se inspirassem em poetas brasileiros. Cada banda interpretou essa exigência à sua maneira. Precisavam agora animar a torcida. Os jovens criam cartazes, lançam torpedos, folhetos etc. E precisam também reunir informações sobre Gonçalves Dias, o autor do poema que deu origem à música classificada. Então, Pedro teve a ideia de criar um blog especial. Nasceu assim o BlogDoDias. Ali cabia tudo o que se relacionasse a Gonçalves Dias: poemas, cartas, artigos de jornal, documentos da época do poeta... Enfim, o blog agitou a galera e acabou se transformando em um completo dossiê sobre o poeta. No meio de todo esse agito, Pedro e Júlia parece que estão...Ah, os poemas de amor de Gonçalves Dias...
Certo, hoje de manhã a linda da coordenadora do colégio apareceu com os livros que iremos ler esse trimestre, eu nem um pouco metida, já li o meu livro, primeiro …

Internet Ruim e Nescafé

A internet ruim é algo irritante. Só cai e mal funciona, causando um mau humor danado para quem usa, e digo mau humor para os controlados, porque para os impacientes explosivos (como eu) passam raiva e acabam por se irritar e descontar em quem estiver por perto.
                O problema da internet que não funciona como deveria, é que ela nos engana, nos ilude e nos usa, deixando-nos ainda mais na frente do computador, para que por algum motivo continuemos a passar nosso tempo passando raiva e o gastando em algo que por não funcionar como deveria, é quase como não fazer nada.                 E também é assim o nescafé, ele deveria ser café, mas não é. Não tem o mesmo gosto, e deveria ter, ou assim, você é iludido a pensar. Mas o gosto é diferente, e para alguém que aprecia o bom café, entende o que estou tentando falar (ou não, minha mãe ama café e também ama nescafé... Acho que a culpa disso é por ela ser de gêmeos... Não que eu acredite em signos...).                 E por que es…